Scalene mostra ‘Fôlego’, EP com cinco músicas gravadas em recesso | Blog do Mauro Ferreira

Scalene mostra ‘Fôlego’, EP com cinco músicas gravadas em recesso | Blog do Mauro Ferreira

  • Post Author:
  • Post Category:Sem categoria
  • Post Comments:0 Comentários


♪ Ao lançar em julho de 2019 o quarto álbum de estúdio, Respiro, a banda Scalene planejou sair em turnê pelo Brasil para consolidar, no show, a mudança de rota sinalizada neste disco em que o quarteto brasiliense de post-hardcore e stoner rock foi em busca de sonoridade mais acústica, brasileira e serena.

No tom do disco, o show Respiro estreou no último trimestre de 2019, mas a turnê teve que ser interrompida por conta da paralisação do mercado de shows devido à pandemia do covid-19.

Aproveitando o longo período de recesso forçado, Gustavo Bertoni (voz), Tomás Bertoni (guitarra), Lucas Furtado (baixo) e Philipe Conde Nogueira, o Makako (bateria) idealizaram e gravaram EP durante o isolamento social – com cada integrante em lugar diferente.

Intitulado Fôlego, o EP chega ao mercado fonográfico na próxima quinta-feira, 18 de junho, em edição do selo slap (Som Livre), com cinco inéditas músicas autorais e com capa que expõe arte de Alice Quaresma.

Capa do EP ‘Fôlego’, da banda Scalene — Foto: Arte de Alice Quaresma

Produtor musical do álbum Respiro, Diego Marx foi arregimentado pela banda para dar forma às cinco composições apresentadas pela Scalene no EP Fôlego em um “sentido contrário à tensão e ao descontrole do momento, mas mantendo temas contundentes nas mensagens das canções”, como propaga a nota oficial sobre o lançamento do disco.

As músicas Caburé, Caleidoscópio e Passageiro trazem as assinaturas dos quatro integrantes da Scalene. Espelho é creditada a Gustavo Bertoni, Tomas Bertoni, Lucas Furtado e Diego Marx.

Estar a ver o mar – última das cinco músicas na disposição das faixas no EP Fôlego – traz somente a assinatura de Gustavo Bertoni e, assim como a já mencionada música Caleidoscópio, vem embalada com cordas orquestradas por Edu Canavezes.



Fonte

Deixe uma resposta