Paraguai e Chile goleiam e avançam na liderança das chaves A e B

Paraguai e Chile goleiam e avançam na liderança das chaves A e B


Foi do Paraguai a festa que abriu a rodada do Mundial de Futebol de Areia Raiz desta quinta-feira (10), na Arena Gladiadores da Bola, no Parque Olímpico do Rio de Janeiro. No clássico sul-americano contra o Uruguai, o time fez 6 a 2. Logo no início do jogo, o camisa 6, Acosta marcou um golaço de voleio com a perna direita e abriu o placar. Esse foi o sexto gol do jogador paraguaio, artilheiro do torneio ao lado do angolano William Soares. Logo na sequência, veio o primeiro gol olímpico da competição. Barreto, número 7 do Paraguai, cobrou o escanteio com muita categoria, a bola bateu na trave esquerda e morreu no fundo das redes. O terceiro gol saiu quando o artilheiro Acosta deu uma de garçom. O camisa 6 achou o Barreto livre e ele não perdeu a chance. Dando sequência no primeiro tempo arrasador do Paraguai, o atacante Gómez, com muito oportunismo, fez o quarto. No último lance da etapa inicial, o capitão Franco, cobrando um tiro livre, fez o quinto gol.

Paraguai é uma das seleções classificadas para a próxima fase do Mundial de Futebol de Areia Raiz

Uruguai / Paraguai / Mundial de Futebol de Areia Raiz / Rio , por Futebol de Areia Raiz/Divulgação

Muito atrás do placar, o Uruguai partiu para cima no segundo tempo. E conseguiu descontar com Moreira. O camisa 3 bateu rasteiro o tiro livre e descontou. Na metade final do segundo, Moreira cobrou outro tiro livre e fez o segundo dele. Faltando menos de quatro minutos para o final do jogo, Barreto, em um chutaço do meio da quadra, fez o sexto gol paraguaio. Com esse resultado, o Paraguai fechou a primeira fase na liderança do grupo A, com 12 pontos. O Uruguai, com 6 pontos, também passou de fase. Definição dos confrontos das quartas de final só ocorre no final da rodada.

Arena Gladiadores da Bola montada no Parque Olímpico do Rio de Janeiro

Arena Gladiaroes / Mundial de Futebol Areia Raiz / Rio, por Futebol de Areia Raiz/Divulgação

No segundo jogo na Arena Gladiadores da Bola, Colômbia e Chile fizeram uma partida muito equilibrada até a metade do primeiro tempo, quando a arbitragem marcou um pênalti para os colombianos. Castro, camisa 6, bateu muito bem e abriu o placar. Só que, logo na sequência, o chileno Andrade mostrou muito habilidade para empatar o jogo. Já na reta final da primeira etapa, depois do choque do goleiro com um zagueiro da Colômbia, Comandari virou o jogo para o Chile. Faltando oito minutos, Castro marcou novamente e descontou para a Colômbia. 

A etapa final começou com uma falha coletiva do setor defensivo chileno que resultado em outro pênalti para a Colômbia. Infração batida com muita força pelo camisa 9, Diaz. Mas a igualdade durou muito pouco tempo no placar. Andrade, em tiro de livre, contou com a ajuda do montinho artilheiro para colocar o Chile novamente na frente. E, logo na sequência, Kromschroder fez o quarto. Faltando menos de oito minutos para acabar o jogo, Castro, camisa 6, marcou mais um e descontou para a Colômbia. Em busca do empate, eles acabaram cometendo um pênalti desnecessário faltando apenas dois minutos para o final. Andrade bateu muito bem e fez o terceiro dele e o quinto do Chile. No lance seguinte, Silva bateu de muito longe e contou com uma falha do goleiro colombiano para fazer o sexto gol chileno.  
Com a vitória do Chile por 6 a 3, a seleção andina se garantiu na liderança do grupo B, com 12 pontos. Com apenas três pontos, a Colômbia ainda depende dos demais resultados da rodada para definir a classificação.



Source link

Deixe uma resposta