Mais de 70% dos profissionais de Saúde positivados já retornaram ao trabalho

Mais de 70% dos profissionais de Saúde positivados já retornaram ao trabalho


Relatório divulgado pela Vigilância Epidemiológica de Caraguatatuba aponta que 70% dos profissionais de saúde acometidos pela Covid-19 já se recuperaram da doença e voltaram ao trabalho.

Desde o início da pandemia do novo coronavírus foram 240 profissionais de saúde que contraíram a Covid-19.

Os dados se referem aos profissionais da rede pública e particular incluindo médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, agentes comunitários de saúde, agentes de zoonose, entre outros.

O acompanhamento destes profissionais é feito pelo Serviço de Atendimento ao Paciente da Secretaria de Saúde e, começa desde a notificação até completarem 14 dias de sintomas ou por maior período se o paciente permanecer sintomático.

A Secretaria de Saúde tem mostrado preocupação com os afastamentos, principalmente daqueles profissionais que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) ou na Casa de Saúde Stella Maris.

Várias medidas foram tomadas pela administração para aumentar a proteção destes profissionais desde o início da pandemia, como treinamentos, testagem e fornecimento de equipamentos de segurança (batas, aventais ou macacões, luvas, máscaras face shield, equipamentos de respiração e óculos de proteção).

Segundo o secretário de Saúde, Amauri Toledo, os profissionais são importantes no combate à Covid-19, “por isso precisamos zelar pela segurança deles. No começo da pandemia o número de contaminações e afastamentos estavam alto, mas agora boa parte dos profissionais retornou ao trabalho”.

Um importante serviço comentado pelo secretário de Saúde é o de apoio emocional, orientado por um grupo de psicólogos voluntários para auxiliar no enfrentamento deste problema.

O acolhimento é feito pela internet, via Skype, Whatsapp ou Hangout, através da Central de Atendimento, nos telefones (12) 3897-2169/2119/2101/2144/2121/2129/2123/8834/2171/2160/8830. Quem necessitar de ajuda, o serviço está disponível todos os dias, em período integral, em sistema de revezamento.

O grupo é formado por 13 profissionais sensibilizados com o assunto que se disponibilizaram a oferecer auxílio aos profissionais de saúde que atendem ao enfrentamento deste problema, principalmente os que atuam no hospital Stella Maris, UPAs e Unidades Básicas de Saúde (UBSs).



Fonte: Litoral em Pauta

Deixe uma resposta