Luiz Caldas faz ‘São João em casa’ em disco com dez músicas inéditas | Blog do Mauro Ferreira

Luiz Caldas faz ‘São João em casa’ em disco com dez músicas inéditas | Blog do Mauro Ferreira

  • Post author:
  • Post category:Sem categoria
  • Post comments:0 Comentários


♪ Em 2010, Luiz Caldas surpreendeu o mercado fonográfico ao lançar simultaneamente dez álbuns – todos com inéditas músicas autorais. Três anos depois, em 2013, o cantor, compositor e multi-instrumentista baiano – um dos artistas pioneiros na difusão do som rotulado como axé music – deu sequência ao projeto fonográfico e começou a lançar um álbum por mês.

Todos esses discos mensais foram apresentados com repertório inédito, produção orquestrada solitariamente por Caldas e opção de audição e/ou download gratuitos disponíveis no site oficial do artista. Somente o conceito do álbum e o foco rítmico do repertório mudam a cada lançamento.

Disco apresentado neste mês de junho de 2020, São João em casa está voltado para o repertório das festas juninas é o 100º álbum do projeto de Caldas e tem título alusivo ao fato de, neste ano, as celebrações dos santos de junho serem virtuais por conta da pandemia do covid-19.

Capa do álbum ‘São João em casa’, de Luiz Caldas — Foto: Roberto Faria com arte de Bianca Lopes

Com capa criada por Bianca Lopes a partir de foto de Roberto Faria, o álbum São João em casa alinha dez músicas compostas pelo artista sozinho – casos de Que susto e de Vem se alegrar – ou com os parceiros Claudinho Guimarães, Heberth Azzul, Nagib e Reinaldo Barbosa.

Com o compositor alagoano Heberth Azzul, Caldas assina Pra vida melhorar e Você não quis. Com Reinado Barbosa, a parceria acontece em A tristeza de um vaqueiro, Ao índio o que é do índio, É sempre assim e Não solte balão.

Com a assinatura de Nagib, Caldas canta Gostoso é o teu sabor. Parceria de Caldas com Claudinho Guimarães, Acender a madrugada encerra o álbum São João em casa, produzido e arranjado pelo próprio Luiz Caldas.

Além de cantar, o músico toca agogô, baixo, cavaquinho, escaleta, guitarra, pandeirola, triângulo, violão e zabumba ao longo das dez faixas.



Fonte

Deixe uma resposta