‘Cosmos’ estreia nova temporada para mostrar um futuro melhor e lutar contra a anticiência | Pop & Arte

‘Cosmos’ estreia nova temporada para mostrar um futuro melhor e lutar contra a anticiência | Pop & Arte

  • Post Author:
  • Post Category:Sem categoria
  • Post Comments:0 Comentários


Para a criadora da série científica “Cosmos”, o movimento anticiência se intensificou no mundo nos últimos anos. Por isso, a nova temporada, chamada de “Mundos possíveis”, estreia neste sábado (6) no canal National Geographic, às 22h30, com o objetivo de inspirar o público com a imagem de um futuro melhor — e, como o nome mesmo diz, possível.

“As coisas pioraram desde a última viagem da nave da imaginação, e parte disso tem a ver com uma espécie de tristeza global. Penso nisso o tempo todo”, diz ao G1 a produtora-executiva, diretora e roteirista da série, Ann Druyan.

“Talvez tenha a ver com a nossa sensação de impotência, que desconecta pessoas da realidade, que as fazem acreditar em pseudociência, em histórias desonestas que negam o problema.”

A americana de 70 anos criou “Cosmos” ao lado do marido, o cientista e apresentador Carl Sagan (1934-1996), em 1980.

Veja trailer de 'Cosmos: Mundos possíveis'

Veja trailer de ‘Cosmos: Mundos possíveis’

Desde então, foi secretária da Federação de Cientistas Americanos por dez anos e também diretora criativa do projeto Voyager de mensagens interestelares da Agência Espacial Americana (Nasa).

Em 2014, ela foi uma das responsáveis pelo retorno de “Cosmos” à TV, com o cientista Neil deGrasse Tyson assumindo o papel de apresentador e anfitrião.

“Não acho que dê para lutar contra as mudanças climáticas ao dizer para as pessoas repetidas vezes quão ruim as coisas vão ficar para nossos filhos e nossos netos. Não me parece que faz as pessoas agirem, mas sim tem um efeito amortecedor”, afirma Druyan.

“Então a inspiração para esta temporada foi criar um grande sonho do futuro, não irreal, mas algo que ainda podemos ter, se nós acordarmos do nosso sonambulismo.”

Ann Druyan é criadora, produtora-executiva, diretora e roteirista de ‘Cosmos’ — Foto: Divulgação

A terceira temporada estreia finalmente no Brasil depois de alguns problemas nos bastidores. Em 2018, Tyson foi acusado de assédio sexual por duas mulheres e de estupro por uma terceira.

Depois de uma investigação interna realizada pela National Geographic, as produções de seus programas voltaram a ser realizadas.

Além disso, “Cosmos” tinha estreia no Brasil programada para março. No entanto, com o começo das medidas de isolamento social provocadas pelo novo coronavírus, o lançamento foi adiado para junho.

“Ter o Neil de volta é muito importante, porque ele fez um trabalho ainda maior que na última. Eu o conheço na maior parte de sua vida adulta”, diz a diretora.

“Ele é alguém com quem você pode se conectar, e que pega as nossas palavras e as fala, não apenas com convicção, mas o público sabe que ele tem um entendimento completo”.

Neil deGrasse Tyson é o apresentador de ‘Cosmos: Mundos possíveis’ — Foto: Divulgação



Fonte

Deixe uma resposta