Brusque e Atlético-GO avançam na Copa do Brasil

Brusque e Atlético-GO avançam na Copa do Brasil


Duas partidas fecharam a terceira fase da Copa do Brasil. No Estádio Augusto Bauer, o Brusque derrotou o Brasil de Pelotas por 1 a 0 e confirmou a classificação. No confronto entre São José e Atlético-GO, disputado no Estádio Francisco Noveletto, em Porto Alegre, o time da casa venceu por 1 a 0, mas quem avançou foi a equipe goiana.

A vantagem de 2 a 0 conquistada pelo Dragão no confronto de ida pode ter feito a diferença no primeiro tempo. A equipe do técnico Vagner Mancini entrou desligada e foi dominada pelo São José. Jogando em casa, acostumado ao gramado sintético, o Zequinha teve as melhores chances e abriu o placar aos 38 minutos. Tavares cobrou falta pela direita, a bola passou por toda a defesa, e Marcelo, na segunda trave, completou de cabeça.

O Atlético-GO voltou melhor para a segunda etapa e não deu chances para o São José tentar segundo gol. O Dragão controlou bem as ações e ficou a maior parte do tempo no campo de defesa do adversário. Mesmo com o desespero para tentar levar a decisão para os pênaltis, o Zequinha não teve forças para furar a defesa do Atlético-GO. No fim, vitória dos donos da casa por 1 a 0, que não foi suficiente para a classificação.

Classificação inédita

No confronto das 19h, o Brusque venceu o Brasil de Pelotas por 1 a 0, no Estádio Augusto Bauer, e conquistou a classificação inédita para a quarta fase da Copa do Brasil. A equipe catarinense repetiu o placar do jogo de ida, com gol de Marco Antônio, aos 38 minutos do primeiro tempo.

O Brasil de Pelotas precisava da vitória e até criou as melhores oportunidades na etapa inicial, mas desperdiçou as chances. Na única vez que o Brusque chegou com perigo, abriu o placar. Airton fez boa jogada pela esquerda e cruzou na área para Marco Antônio, de cabeça, fazer o único gol da partida.

A virada do time gaúcho ficou mais difícil logo aos oito minutos do segundo tempo, quando Dellatorre recebeu o cartão vermelho. O árbitro expulsou o atacante após cotovelada no rosto de Éverton Alemão. A esperança da classificação praticamente acabou aos 25 minutos. Bruno Santos disputou bola com Edílson, abriu os braços e acertou a mão no rosto do lateral. O meia recebeu o segundo cartão amarelo e também deixou a partida. Com dois jogadores a mais em campo e a vantagem no placar, o Brusque apenas administrou o resultado até o fim para avançar na competição.

Veja a tabela atualizada da Copa do Brasil.





Source link

Deixe uma resposta