Aposta de Renato, Pepê assume lugar de Cebolinha em ataque gremista

Aposta de Renato, Pepê assume lugar de Cebolinha em ataque gremista


Aos 23 anos, Eduardo Gabriel Aquino Cossa, ou simplesmente Pepê, tem, no Campeonato Brasileiro, a oportunidade que aguarda desde abril de 2016, quando trocou o clube de sua cidade natal, Foz do Iguaçu (PR), pelas categorias de base do Grêmio. Com Everton Cebolinha de saída para o Benfica, de Portugal, Pepê assume, de vez, a condição de titular no ataque do Tricolor Gaúcho.

A opção parecia ser a natural. O jovem, de 23 anos, tem características parecidas com as de Cebolinha, como velocidade e drible. Além disso, na temporada passada, mesmo sendo reserva na maior parte do tempo – saiu do banco 22 vezes nos 51 jogos que disputou -, foi o vice-artilheiro gremista, com 13 gols, superado justamente por Everton, que fez 20. Na última semana, Pepê renovou o vínculo com o Grêmio até 2024.

A estreia como real dono da posição foi na noite de ontem (9), na vitória por 1 a 0 sobre o Fluminense, na Arena do Grêmio, pela primeira rodada da competição (confira aqui a classificação). O jogador teve atuação somente regular segundo índices do SofaScore, site especializado em estatísticas esportivas, mas recebeu elogios do técnico Renato Portaluppi, após a partida.

“O Pepê está acostumado com o grupo, joga conosco há muito tempo e se comportou muito bem. Não é fácil substituir o Everton. Tenho certeza que, nessa sequência de jogos, ele tem muito a dar ainda. Ele tem muito para crescer e tem toda a minha confiança e a do grupo”, declarou o treinador.

Durante os 90 minutos, Pepê tocou 53 vezes na bola, com 86% de aproveitamento nos passes, um cruzamento (sem precisão), quatro tentativas de drible (duas bem sucedidas) e três finalizações, sendo uma no gol, uma para fora e outra bloqueada. O jogador praticamente não entrou na grande área durante a partida ou chegou à linha de fundo.

Assim como Everton, que é também destro, o atacante atuou pela esquerda, cortando para a direita na hora do chute. Foi o que fez nas duas oportunidades que teve, ambas no segundo tempo. Aos 24 minutos, encarou a marcação de quatro atletas do Fluminense e bateu da entrada da área, à esquerda do gol defendido por Muriel. Depois, aos 31, Pepê avançou pelo meio, recebeu do lateral Bruno Cortez e arrematou à meia altura, novamente à esquerda, forçando o goleiro do time carioca a se esticar e espalmar para escanteio.

O gol da vitória gremista saiu no fim do primeiro tempo, com o atacante Diego Souza, após um bate-rebate dentro da área. O Tricolor Gaúcho volta a campo na próxima quarta-feira (12), às 21h30 (horário de Brasília), contra o Ceará, em Fortaleza. No mesmo dia e horário, o Fluminense tenta a reabilitação no Brasileiro diante do Palmeiras, no Maracanã.



Source link

Deixe uma resposta